Núcleo de Inteligência Policial vai atender demandas dos municípios da região do Lago de Tucuruí

Em: 13/03/2019 

A Região do Lago de Tucuruí vai receber um Núcleo de Apoio à Investigação (NAI), criado pelo núcleo de inteligência da Polícia Civil, para fortalecer as novas diretrizes institucionais de enfrentamento à violência e aos crimes cometidos no interior do Estado. O anúncio foi feito pelo Governador do Estado, Helder Barbalho, na manhã da última terça-feira (12), no auditório do Palácio, em Belém.

No total, serão inaugurados quatro Núcleos de Apoio à Investigação (NAIs) nos municípios de Capanema (nordeste), Breves e Soure (Arquipélago do Marajó) e Tucuruí (sudeste), para atender as demandas de investigação nas regiões do Caeté, Marajó Ocidental, Marajó Oriental e Lago de Tucuruí.

Atualmente seis NAIs já funcionam para atender demandas de outras regiões - em Castanhal, Abaetetuba, Santarém, Marabá, Redenção e Altamira.

Para o governador do Estado, dentre as estratégias que estão sendo implementadas, está o fortalecimento da inteligência, o trabalho com a informação e a expansão disso para as diversas regiões do Estado, que permitirá que o Poder Judiciário, o Ministério Público e os Órgãos de Segurança do Estado, possam estar instrumentalizados para agir de forma preventiva as ações, e com isso, a efetividade das investigações, e a diminuição do crime e da violência por todo o Estado. “É absolutamente fundamental que, em paralelo as ações ostensivas, repressivas, de enfrentamento a violência, trabalharmos de maneira preventiva, o que exige informação e tecnologia. O que estamos fazendo aqui é exatamente tendo um olhar atento para essa área, para que possamos reduzir a criminalidade e o ato criminal no Estado do Pará. Compreendendo primeiro a extensão territorial do nosso Estado, as peculiaridades de cada região”, destacou Helder.    

Na Ocasião, também foi criada a seção de inteligência da diretoria de atendimento a grupos vulneráveis (DAV), em Belém, para auxiliar na prevenção e repressão aos crimes discriminatórios de injúria racial, crimes contra crianças e adolescentes, contra idoso, a mulher, portadores de necessidades especiais, moradores de rua, LGBTQI+, e de enfrentamento ao tráfico de pessoas, garantindo a ordem pública e os direitos fundamentais da pessoa humana.

 

Com informações da Agência Pará

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

BELÉM

 

End.: Av. Conselheiro Furtado, 1440. Bairro Batista Campos.

CEP: 66.035-350 – Belém / PA

Fone: (91) 4006-2350 / (91) 4006-2351

Email: amatcarajas@amatcarajas.org.br

MARABÁ

 

End.: Av. VP8 – Folha 26 – Quadra 14 – Lote 01 - Edifício Amazon Center Sala 605/606 – 6º andar.

CEP: 68.504-120 – Nova Marabá

Fone: (94) 3322-1957

Email: maraba@amatcarajas.org.br

BRASÍLIA

 

End.: Setor Rádio TV Sul

Edifício: Centro Empresarial Brasília
Bloco B, Sala 425
CEP: 70.340-907 / Brasília - DF
Fones: (61) 3225-0461/ (61) 3226-1121
E-mail: brasilia@amatcarajas.org.br

Desenvolvido por Levant Consultoria de Marketing

www.levantmkt.com